top of page

Escola de Anciãos: o projeto que quer fomentar o empreendedorismo através das práticas ancestrais

O projeto Escola de Anciãos, promovido pela Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e a Associação Círculo Primaveril, tem o propósito de preservar a sabedoria, mapear as práticas ancestrais e as tradições dos anciãos que promovem a economia circular e a sustentabilidade no Alentejo.


O objetivo do projeto é permitir que as práticas tradicionais e ancestrais dos anciãos sejam transmitidas às gerações mais jovens, mantendo vivas as tradições e os costumes locais, para que assim, possam ser gerados mais empregos regenerativos apoiados nos saberes do passado.


Com o passar dos anos, muitas tradições e costumes têm sido esquecidos e perdidos, mas a Escola de Anciãos pretende mudar isso. Ao valorizar a sabedoria e o conhecimento dos mais velhos, o projeto ajuda a preservar a cultura e a história das comunidades locais, permitindo que essas tradições não se percam no tempo e sejam transmitidas para outras pessoas.


Assim, o projeto Escola de Anciãos irá ter um impacto direto:


  • ‌No mapeamento das práticas tradicionais, sustentáveis e circulares por natureza, com elevado valor cultural e histórico, evitando a perda deste conhecimento ancestral;

  • ‌Contribuir para empregabilidade de pessoas em risco de exclusão social, através de projetos focados na reativação destas práticas;

  • ‌Colocar o público sénior no centro da discussão sobre como promover o desenvolvimento sustentável da sociedade;

  • ‌Evitar o isolamento social e contribuir para o envelhecimento ativo e saudável;

  • ‌Criar condições para atrair e reter a população em idade ativa na região de Cuba de Alentejo, combatendo a atual tendência de desertificação social.


Este projeto intergeracional está a ser desenvolvido no Concelho de Cuba, Distrito de Beja, no Alentejo, e até o momento já ocorreram duas oficinas com os Anciãos: Oficina de Arte Pastoril e a Oficina de Saberes Ancestrais.


Fotos com pessoas nas oficinas oferecidas pela Escola de Anciãos
Oficinas oferecidas pelo projeto Escola de Anciãos

O próximo passo é a criação de um E-book que irá contemplar as práticas tradicionais e ancestrais que promovem a Economia Circular e a Sustentabilidade nas sub-regiões do Alentejo.


Em simultâneo, os saberes dos anciãos serão transmitidos para as pessoas desempregadas e em risco de exclusão social, que estejam interessadas em criar o próprio emprego, através do desenvolvimento de um projeto que alie a sustentabilidade à recuperação e disseminação das Artes e Ofícios Tradicionais.


Para isso, a partir de abril todos os participantes terão acesso ao Programa de Aceleração para a criação do próprio emprego, que inclui formações, eventos, visitas, oficinas práticas, workshops, apoio a prototipagem, acompanhamento de mentores especializados, e muito mais.


Se faz parte do público sénior e/ou se encontra numa situação de desemprego e/ou em risco de exclusão social, sente uma ligação com os princípios de economia circular e sustentabilidade, e gostaria de participar neste projeto, participe nas nossas atividades!

Este programa inovador e inédito, irá apoiar os participantes a desenvolverem projetos de empreendedorismo de impacto, alinhados com os pilares do desenvolvimento sustentável (social, ambiental, económico e cultural).


Segundo, Mariana Pinto e Costa, Presidente da Associação Círculo Primaveril:


Num mundo cada vez mais conectado e globalizado, a Escola de Anciãos é uma forma de preservar as tradições e a cultura local, enquanto promove a união e a troca de experiências entre as gerações. O projeto é uma prova de que a sabedoria dos anciãos pode ser uma fonte valiosa de conhecimento e inspiração para todos nós.

Veja abaixo o vídeo de apresentação do projeto:



Mais informações sobre o projeto em:


0 comentário

Opmerkingen


bottom of page