top of page

Burguer King comprometido em baixar a pegada ecológica e promover a Economia Circular

Atualizado: 25 de ago. de 2021



A cadeia de fast food Burguer King está comprometida em baixar a sua pegada ecológica por um mundo mais sustentável, através da implementação de medidas em todos os seus restaurantes espalhados pelo mundo.


Com a autonomia que cada país tem para implementar as suas próprias medidas, os representantes da cadeia americana de fast food no Brasil pretendem investir na gestão dos resíduos e promover a Economia Circular nos seus restaurantes, através do projeto Aterro Zero.


Coletores de comida nos restaurantes Burguer King
Coletores Burguer King

Implementado em 15 restaurantes e com um plano de expansão para a adesão a novos espaços situados em Curitiba e São Paulo, o projeto Aterro Zero visa separar os resíduos gerados, dando-os um novo destino que não os aterros sanitários, minimizando o impacto ambiental e promovendo a Economia Circular.


Com este projeto, os resíduos gerados nos restaurantes Burger King são separados de acordo com a possibilidade de reaproveitamento, assim, os que forem recicláveis vão para centros de reciclagem, os resíduos orgânicos seguem para compostagem e os restantes são usados, por exemplo, na geração de energia para fabricação de cimento.


Estas medidas já foram positivas, pois mais de180 toneladas de resíduos gerados pela rede de restauração deixaram de ser enviados para aterros, e destes, 105 toneladas geraram subprodutos reinseridos no mercado.


Motas elétricas adquiridas pela Burguer king Portugal
Veículos elétricos adquiridos pela Burguer King

Também em Portugal, o grupo tem apostado em medidas de sustentabilidade.


Para além das medidas já tomadas anteriormente na redução de plásticos nos seus restaurantes, com o objetivo de reduzir mais de 500 toneladas de plástico por ano em 2021, o Grupo Ibersol, responsável pela gestão da marca Burguer King em território português, anunciou no mês de junho de 2021 uma parceria com Frog Rental Services para a utilização de 170 motos elétricas no serviço de “delivery”.


Com esta medida, o Grupo presente em Portugal, pretende reduzir a sua pegada ecológica em mais de 500 mil quilos de emissões de CO2 e 400 mil litros de combustível anualmente.


_________

Fontes:


0 comentário

Комментарии


bottom of page